español |  português |  english

Tudo começou quando o dono desta casa, um empresário español, que atualmente reside nos Estados Unidos, se encantou com José Ignacio e pelas praias da zona chamada "La boyita", passando La Barra, 4km antes de José Ignacio.

 

Logo de passar várias temporadas desfrutando destes lugares no verão austral, decidiu construir sua própria casa de veraneio, sobre a praia, para seu uso ou para alugar.

 

Escolheu esta parte da costa uruguaia porque é uma zona elegante onde se cruzam estilo e cultura.

 

As casas construídas aqui revelam as diversas expressões de uma comunidade cosmopolita que há sido capaz de identificar a qualidade de um território que em parte segue sendo virgem, e que combina a imensidão do Oceano Atlântico e a tranquila beleza do campo. A casa deveria ser diferente mas em harmonia integral com o entorno.

 

Para a arquitetura e desenho de “Chaquetón” recorreu a sua amiga de infância de sua Astúrias natal, a Arquiteta Patricia Urquiola.

 

Como é típico no litoral do Uruguai, as casas possuem nome. A escolha do nome deve ser algo íntimo, pessoal neste caso, ou familiar em outros, e que capte aspectos que a identifiquem com sua própria história pessoal ou familiar. Este caso não foi exceção: se chamaria "Chaquetón", não poderia ser nomeada de outra forma, pois se deriva de seus vínculos com sua querida Oviedo, nas Astúrias.



Recomendar por email

© Chaquetón 2014